E- Marketing

Wednesday, March 29, 2006

e Marketing-Mix

Pouco se tem discutido acerca do marketing-mix na Internet. Fala-se muito das técnicas que estão disponíveis e vomo registar os sites nos motores de busca, mas no que diz respeito aos instrumentos de e-Marketing-mix, pouco se investiga. Aliás, poucos são os que põem em causa o facto de o e-Marketing-mix ser diferente do marketing-mix usado tradicionalmente. Alguns fazem-no, mas sem grande base científica para o esclarecer. Penso que é uma questão pertinente, na medida em que o consumidor interage de forma diferente com a e-Empresa fornecedora dos produtos.
Dixon e Blois dizemm que com o aparecimento da internet o caso mais flagrante de transformação de paradigmas é o marketing-mix. E, do meu ponto de vista, têm razão. O paradigma mais relevante do marketing actual é o marketinig-mix, com os seus 4 P's (Produto, Preço, Place e Promotion), e ainda outros sobre os quais se vai discutindo. Mas, os autores dizem que este marketing mix não se preocupa com os desejos nem com as necessidades dos consumidores, mas sim com os parâmetros capazes de influenciar consumidores. Os 4 P's tradicionais são orientados para o produto e não para o consumidor. Defendem que nos anos 60 e 70, na era da industrialização, o marketing-mix seria uma excelente forma de conduzir os produtos para os clientes. Mas desde então os negócios em todo o mundo mudaram radicalmente. As e-Empresas neste momento são capazes de produzir em massa produtos de qualidade a preços competitivos. Foi nessa altura que Kotler, em 1986, verifica ser importante introduzir mais 2 P's: Poder e Public Relations. Mas, já em 1993 Kotler afirmou que os P's já se tinham tornado errados para os anos 90. Portanto, é necessário que haja uma transformação neste que é o maior paradigma do marketing. A tendência gira em volta de uma maior costumização, fragmentação dos mercados e um maior sentimento de pertença a uma comunidade. Aliás, Dixon e Blois indicam que os negócios devem passar a ser estruturados em volta de redes com menos hierarquias. Assim, se procedermos ao abandono da orientação para o produto e para os 4 P's, parece natural que o novo marketing-mix tenha uma ênfase predominante nas relações com o consumidor e na comunicação com os clientes.

Mas, se reflectirmos, penso que a atitude mais sensata e mais cuidada neste novo mercado digital em constante descoberta, será adoptar os P´s tradicionais a estes novos elementos que também devem constituir o marketing-mix, por serem fulcrais no sucesso de uma e-Empresa; Personalização e Pertença.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home